terça-feira, 6 de agosto de 2013

A trilha sonora das corridas




       A cena é pra lá de comum. Basta tocar os primeiros acordes do tema do filme Rocky - Gonna Fly Now – para as pernas começarem a se agitar, o sangue ferver e dar aquela vontade de sair correndo. De subir escadarias. Poucos sabem a letra completa, mas o refrão – tãntãntããã~, tãn, tântãntãaa - é automático.
   Já existe comprovação cientifica que correr ouvindo música aumenta a performance do atleta nas provas em cerca de 10%. Por isso é proibido a atletas de elite usarem este recurso em competições oficiais. O ritmo da música, além do recurso psicológico para servir de estímulo e entreter o competidor, ainda ajuda a marcar o ritmo da passada.
  Eis porque muita gente simplesmente não consegue correr sem uma trilha sonora. É como se faltasse algo. Há, obviamente, quem seja contra.  Quer pela dependência, quer por um certo isolamento dos demais companheiros de prova ou até pelo perigo de não se ouvir, por exemplo, uma ambulância que está passando.

DENTRO DO RITMO

    Para quem curte a música durante a corrida, atualizar a playlist constantemente é importante. Alguns atletas preferem correr ao som do rock’n’roll, techno e o pop, outros alternam entre o reggae, MPB, country, axé e até música clássica. Depende do gosto, da meta e da batida que pretende levar na prova.
    Mas lembre-se. Você vai correr, não dançar. Há várias playlists disponíveis na internet com as chamadas “running music” – músicas para correr. Mas o gostoso é montar a sua lista. “Gonna fly now” e “Eye of the tiger” costumam ser associadas à vitória a ser alcançada. Estimulam o corredor. O “Tema da Vitória” nos lembra Ayrton Senna, um vencedor. Tem efeito semelhante ao provocado por “We are the Champion”, do Queen. Ótimo para os finais de competição.
     Costumo correr ao som das baladas country de Alan Jackson, o rock do Queen, e trilhas sonoras de filmes. As vezes, opto pela rádio aberta e o noticiário do dia. Mas isso é mania de jornalista.

DESAFIO

Xô cigarro!

A Sociedade Cearense de Pneumologia e Cirurgia Torácica realiza no dia 18 a Corrida Cearense Contra o Fumo, com largada na Praça do Ferreira, às 7 horas. Que tal aceitar o desafio e tomar aquela sempre adiada decisão de largar o cigarro de uma vez por todas . Por experiência própria - fui fumante por 29 anos - sei o quanto é díficil e o quanto pago por isso ainda hoje. De que adianta correr, fazer tantos exercícios e ainda continuar fumando? As inscrições para a prova terminam no próximo dia 10 pelo site http://www.webrun.com.br.


Agende-se!

Agosto

Dia 18 -  5ª Corrida Cearense contra o Fumo
   
           Inscrições até 10 de agosto, no site www.scpt.org.br.
               Valor: R$ 35

Dia 18 -  6ª Corrida Sindprf
               Inscrições até 12 de agosto, no site
www.caprius.com.br.
               Valor: R$ 30

 Dia 24 - 7ª Corrida de Guaramiranga
                Inscrições encerradas

  

 Vitrine

   Que tal para o paizão corredor
o Monitor Cardíaco Polar FT2.
Um aparelho com recursos básicos
e design moderno. Tem luz noturna, f
unções de relógio e memória com
tempo total do exercício,
além da  garantia de 24 meses.
O preço médio é
de R$ 299

 

 

 TIRA- DÚVIDA

Qual a importância  do caldeirão de gelo após a corrida?

Resposta: “Serve para relaxar a musculatura  Evita as costumeiras dores após o longo exercícios pelo ácido produzido  nos músculos. A duração em média é de 10 a 15 minutos”

Lenz Florêncio, fisioterapeuta

 

 

PARA LER


 

NASCIDO PARA CORRER
 A história dos índios Tarahumara incansáveis corredores. Editora Globo. Preço: R$ 44,90.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário